Deixe o chapeleiro maluco com inveja

Preciso imediatamente dessas xícaras na minha casa, uma de cada para enfeitar a mesa, já que não tomo chá nem café, apesar de achar lindo quem toma.

Achei essas peças na Soma Gallery, uma galeria de Bristol que vende trabalhos de diversos artistas e essa Camila Prada tem várias outras fofuras de cerâmica.

Compre as suas aqui, entrega no Brasil e você paga via PayPal. E quando eu tiver comprado as minhas, preciso de voluntários para virem tomar café aqui em casa.

Mini beauty

Quem nunca na vida precisou desesperadamente de uma lixa de unha e teve que pedir emprestado ou teve que emprestar a lixa feinha e gasta para uma amiga que já estava para comer os dedos?

Bem, seus problemas acabaram. Fui numa perfumaria perto de casa onde eu sempre acho coisas fantásticas (a minha obsessão por perfumarias e farmácias é tema para um post inteiro) e vejam o que eu achei:


Mini lixas em formato de fósforo de hotel, destacáveis, estampadas, e custa só R$0,99!
É a salvação pocket-size.

Mardi gras: busy bee chocolates

Houve uma época da minha vida em que fazia parte do meu trabalho experimentar chocolates e decidir entre os melhores e mais bonitos. Foi nessa época em que eu conheci a Busy Bee Chocolates.

A Busy Bee tem uma lojinha na Vila Madalena em São Paulo, daquelas de cenário de filme antigo e digna de história de João e Maria, uma típica chocolateria tradicional com vitrine e tudo mais. Ela surgiu da vontade da chocolatier Luciana Baptista de resgatar a tradição do chocolate e o que começou com trufas tem também mini chocolates em formatos muito fofos como os fusquinhas e sardinhas.

A Busy Bee fica na Rua Fradique Coutinho, 1109, São Paulo, e também tem uma lojinha online para você comprar aqui.

Se você passar por lá, depois me conta o que achou dos chocolates.

Acho que vi um passarinho

É totalmente previsível, mas impressionante, a quantidade de coisas que foram lançadas nos últimos tempos cujos temas e estampas eram passarinhos.
Imagino que o crescimento exponencial do twitter tenha e muito a ver com isso e agradeço todos os dias à Yiyin Lu que bolou a identidade visual do twitter e seus lindos passarinhos pela inspiração para milhares de objetos fofos que pipocam o tempo todo no mundo inteiro.


Moma, $57

Olive’s Shop, $20

Ferm Living, €71


Lilly Lady Blue, $31


Rare Device, $60


Isak, £8,50


Ferm Living, €11


Isak, £35


Hunkydory Home, £15


Studio Nommo, $26,90

Você conhece mais algum produto com passarinhos? Compartilhe os seus nos comentários.

30 anos de Pacman

Para comemorar os 30 anos do mais conhecido dos personagens de videogame, a legendária marca de caderninhos de couro Moleskine lançou uma edição limitada de cadernos com Pacman e seus inimigos.

Os cadernos vêm com capa texturizada e páginas estampadas com os personagens, além de adesivos fofos para ilustrar seus rabiscos.



Tem para vender aqui e, yes, entrega no Brasil! O preço médio é US$12.

A confeitaria dos sonhos

Morro de vontade de conhecer a Pâtisserie des Rêves, em Paris. Apesar de achar os doces parisienses meio sem gosto, ou com gosto de manteiga, essa confeitaria vale a visita só pela decoração.

Os doces e bolos ficam expostos em redomas de vidro e as paredes com cor de bala me dão vontade de morder.

Total para comer com os olhos.
Se tiver a oportunidade, fica aqui: 93, Rue du Bac, Paris

Me vê um de cada, por favor

Acho que não tem um apetrecho sequer da Joseph Joseph que eu não queira comprar. E também não tem nenhuma loja de coisas bacanas para casa que não venda Joseph Joseph.

Descobri a JJ não faz muito tempo em minhas andanças pela internet e, desde então, pelo menos uma vez por dia eu entro num site novo e lá estão eles. A Joseph Joseph foi fundada pelos irmãos gêmeos (é, tipo DSquared2) Richard e Antony Joseph, um formado em design e o outro em administração, diga-se de passagem, assim como minha irmã Camila e eu. Quem sabe um dia a gente também não tem uma ideia tão genial e fica rica.

Eu acho demais como tudo é muito funcional e lindo de morrer.

1. Tábuas index, identificadas com o tipo de comida para que servem, para não gerar contaminação de alimentos crus e cozidos por bactérias presentes nas carnes cruas US$65. 2. Conjunto de apetrechos com a haste elevada, para não encostar a parte suja na pia ou na toalha US$40 o conjunto. 3. Bowls para salada com pegadores destacáveis US$40. 4. Cortador de ervas, você corta na própria capinha e guarda o cortador US$25. 5. Balança digital para alimentos onde a própria tampa é o medidor US$65. 6. Tábuas inquebráveis, inarranháveis e com garantia eterna, além serem as mais lindas US$28.

Você pode comprar no site deles (eles cobram £100 de frete para fora da Inglaterra, não vale a pena), aqui, ou aqui mesmo no Brasil, pelo site da Doural, só que pagando 5 vezes mais caro, of course.

All you need is love

Eu amo tudo que tem um bom design. Tudo mesmo.
Pode ser um pimenteiro, um sofá ou uma pasta de arquivos. Fico enlouquecida quando vejo um objeto desprezível ser brilhantemente transformado em um objeto de desejo. Convenhamos, quem não quer comprar essa caixa de fósforos?

Porém, infelizmente, no Brasil paga-se muito caro por qualquer item considerado cool. Trata-se design como luxo. E cobra-se três vezes mais aqui por um objeto que em qualquer lugar do mundo.
Adorei a frase do empresário gaúcho Henri Chazan, que escancarou na revista Época de maio deste ano a razão dos preços estratosféricos no Brasil: Como sou pobre, só compro nos EUA.
A verdade é que os impostos, o lobby e a consciência das empresas brasileiras de que não têm competência para competir com o mercado internacional não permitem que o consumidor brasileiro se depare com produtos igualmente baratos, com qualidade e com design. Se a empresa tem excelência operacional, tem que ser feio. Se investe em design, tem que ser caro. Se é importado, dá-lhe impostos.

Foi dessa indignação que nasceu o Loveshelf. Coisas amáveis e acessíveis, das mais insignificantes àquelas que nos doem o coração de tanta paixão, merecem ser compartilhadas.

Nessas prateleiras serão guardadas todas as coisas com design acessível que amamos, porque eu acredito que todo mundo tem o direito de ter aquilo que ama em suas prateleiras.

E você?

1 38 39 40